Greve parcial afeta rede de saúde de Cotia

  • PDF

Funcionários do Instituto Vida, empresa terceirizada que opera alguns serviços na rede municipal de saúde, paralisaram as atividades, novamente, por falta de pagamento dos salários, que deveriam ter sido efetuados no quinto dia útil de agosto.

Não é a primeira vez que isso acontece. Segundo relatos dos funcionários, seria o terceiro mês consecutivo de atraso. No mês passado o cotiatododia publicou matéria sobre uma possível greve dos funcionários do Vida.

Uma reunião de emergência foi marcada entre a Prefeitura de Cotia e o Vida, onde ficou acertado que o salário de julho seria pago no dia 2 de agosto (de fato aconteceu) e que o deste mês sairia no quinto dia útil. O pagamento de agosto não foi feito.

O cotiatododia visitou unidades de saúde da região central e constatou que há paralisação parcial do Vida.

Na Policlínica do Portão, dez dos doze funcionários nem apareceram para trabalhar. A sala de espera estava cheia na manhã desta terça-feira (foto abaixo). Na mesma rua, na UBS e no Pronto Atendimento, há 22 enfermeiras que são do Vida. A chefe delas não quis conversar com nossa reportagem, mas garantiu que todas estão trabalhando.

Na Clínica da Mulher, os seis funcionários do Vida nem apareceram para trabalhar. Já no Atalaia, são 12 funcionários e segundo um deles, todos estão trabalhando, inclusive os dois dentistas.

Os trabalhadores que ainda estão exercendo suas funções dizem que se o salário não for pago, a maioria deixará de comparecer ao serviço.

Eles reclamam que estão sem dinheiro para pagar passagem de ônibus e que estão tendo que emprestar de familiares e amigos. Há casos de pessoas que estão sem comida em casa. Reclamam também das contas que estão atrasadas e que serão pagas com multa e juros.

Uma das pessoas reclama que ligou para o Vida e eles dizem não ter data para efetuar o pagamento, pois não receberam o repasse da Prefeitura.

Fizemos contato com a Prefeitura de Cotia na tarde de segunda-feira e até o fechamento da matéria, 18 hs de hoje, não tivemos resposta. No telefone do Instituto Vida, em Cotia, nos foi pedido para entrar em contato com o escritório de Sorocaba. O Sr. Edson, que segundo a atendente, seria o responsável, não se encontrava no local e não retornou a ligação.

Comentários  

 
0 #6 Carla Alburquerque 22-10-2012 15:31
Me tirem uma dúvida...o Caps adulto agora é restaurante?....Pois Palavra ofencivapre que vou levar meu irmão tem funcionários cozinhando e dando boas gargalhadas....estes são os funcionários ??? Vejam vocês....pasPalavra ofenciva lá na segunda feira ou sexta....
 
 
0 #5 Bruno Deus 23-08-2012 17:57
Que mentira meu não existem 22 enfermeiras na policlínica do portão e realmente estava cheia a recepção mais antes de postar qualquer coisa que vocês constataram a paralisação verifiquem quantos atendimentos foram feitos neste dia ai vocês iram poder falar alguma coisa noticia furada me desculpa.

NOTA: As 22 enfermeiras não são da Policlínica. Você não leu direito a matéria. As 22 são do PS e UBS, números informados pela chefe de enfermagem.
 
 
+3 #4 Eliane Rodrigues 22-08-2012 14:52
Venho pelo presente a este conceituado portal, expressar minha indignaçao com os administradores da cidade, que usam o dinheiro público, como se fosse brinquedo. Em 2009, prestei o concurso de secretario, tive a classifiçao de nº91, foi chamado apenas até o nº61. Meu espanto é tao grande, porque nao chamam todos, uma vez que a maioria das escolas municipais nao tem secretario, nem mesmo funcionário da limpeza, as escolas municipais estao com um grande problema, pois nao tem funcionários, deixo entao uma pergunta? Cade os aprovados dos Concursos, por que nao são convocados?SEI QUE NAO É POR CONTA DO PERIODO ELEITORAL, PQ O CONCURSO DE 2009 FOI HOMOLOGADO ANTES, SERÁ QUE É ESSAS VAGAS DE VEREADORES? ENTAO PORQUE FOI REALIZADO CONCURSOS.Deixo aqui meu pedido: se houver alguem na mesma situaçao, vamos entrar com o Mandato de Segurança no Ministerio Público e fazer valer a Constituição. E COMO DISSE REGINA TAVARES: "ACORDA COTIA".
 
 
+12 #3 Alex Machado 22-08-2012 08:00
É uma Palavra ofenciva como está a saúde de Cotia, não estão pagando os funcionários corretamente a Prefeitura não está repassando a verba ou o Instituto vida está desviando o dinheiro? de fato é que já virou rotina esta questão de atrasos de pagamentos dos salários dos funcionários da saúde. Está na hora de acabar com esta terceirização que até o momento não trouxe nenhum benefício para o município pelo contrário só houve transtornos e pessoas morrendo por falta de médicos. Está na hora de colocar profissionais que prestam concurso e acabar com esta papagaiada de terceirização. Gostaria de que o Secretário de saúde (que nem sei quem é pois todo mês muda) e o Sr Prefeito Carlão Camargo falasPalavra ofenciva para população de cotia o que realmente está acontecendo pois pagamos muitos impostos e o retorno não está sendo satisfatório.
 
 
+8 #2 Wagner Andrade 22-08-2012 00:08
É brincadeira. Isso acontece com os funcionários na empresa de segurança Capital, que também presta serviço para a Prefeitura de Cotia. Os vigilantes Palavra ofencivapre recebem o seu salário com atraso muitos tiram férias e não recebem, e o pior que nunca falaram em romper esse contrato que é muito alto custa muito e que não cumpre nem com o básico que seria o salário em dia
 
 
+15 #1 Regina Tavares 21-08-2012 19:12
Parece piada de mau gosto, todo mês a mesma coisa?
E este prefeito visa à reeleição?
Vão gastar uma fortuna para colocar grama artificial em 3 campos de futebol e pagar a quem trabalhou e deve receber está tão difícil assim?
Acorda, Cotia, VOTO NULO, chega de ser capacho dos políticos de plantão!
 

Câmera Raposo »

Câmera Raposo tavares
D.E.R. - VIA OESTE

Tempo em Cotia »

Climatempo
Climatempo

Mapa de Cotia »

Google Maps
Google Maps

Finanças »

Indices Econômicos
Bovespa

Telefones Úteis »

Avatar
Serv. Emergência