Venda de veículos sobe 18,9% em julho

  • PDF

As vendas de veículos alcançaram nova marca história em julho em reposta aos estímulos do governo ao setor.

Os emplacamentos subiram 3,1% em relação a junho, para 364,2 mil unidades. Na comparação com julho do ano passado, a alta é de 18,9%.

O número representa a maior marca já registrada para o mês e a segunda melhor da história do setor.

O desempenho do setor é puxado pela redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), anunciado em maio pelo governo.

A medida, adotada como forma de diminuir os estoques de concessionárias e montadoras e reverter o quadro de crise do setor, reduziu o preço dos modelos ao consumidor.

O benefício está previsto para terminar no final de agosto. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou o programa de estímulo bem-sucedido e garantiu que não haverá prorrogação.

Analistas do setor, no entanto, avaliam como certa a extensão das medidas até ao menos outubro.

MARCAS

Quando considerados os dados de carros e comerciais leves apenas, o desempenho em julho é ainda mais forte. As 351,4 mil unidades vendidas representam alta de 22,04% em relação a julho do ano passado.

A Fiat liderou as vendas no mês passado, com 28.132 unidades. O volume é equivalente a 23,9% do mercado. Em seguida, vieram Volkswagen (22,3%) e GM (16,9%).

Nas concessionárias, alguns modelos já têm fila de espera, com um período de até 90 dias para a entrega.

Da Folha.com

Câmera Raposo »

Câmera Raposo tavares
D.E.R. - VIA OESTE

Tempo em Cotia »

Climatempo
Climatempo

Mapa de Cotia »

Google Maps
Google Maps

Finanças »

Indices Econômicos
Bovespa

Telefones Úteis »

Avatar
Serv. Emergência